31 de maio de 2020
Portal da Diocese de Cachoeira do Sul Rs

CARNAVAL E QUARESMA

O Carnaval é uma festa marcada pelo “adeus a carne“. A partir do carnaval se vivenciava um período de 40 dias de abstinência de carne e jejum, como o seu próprio nome em latim sugere “carnis levale[]. Antes dos 40 dias de penitência e jejum, para acumular energia havia uma grande concentração de festejos populares, propositadamente extravagantes, de acordo com os costumes de cada região.

Alguns dizem que o carnaval teve sua origem na Grécia em meados do século sétimo antes de Cristo. Naquele tempo os gregos realizavam seus cultos de agradecimento aos deuses pela fertilidade e produção do solo. Depois passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 D.C.. Assim, antes do início da quarentena ou Quaresma, que culminava com a celebração da morte de Cristo e sua Ressurreição, era celebrado o carnaval.

A Quaresma tem, dentre suas características, uma quarentena: 40 dias de purificação, para que purificados, acolhamos a Redenção. A Quaresma não termina, com a morte de Cristo, como uma luta perdida, mas como uma passagem para ressurreição de Jesus, a Páscoa.

Esta era a maneira de comemorar o Carnaval e celebrar a Ressurreição: a Quaresma e a Páscoa. Digo que era, mas eu desejo que ainda fosse. Lembro a seriedade como respeitávamos a abstinência de carne todas as Quartas-feiras e Sextas-feiras e às Sextas-feiras era, ainda, marcada pelo jejum. Os homens não faziam a barba, não era permitido baile ou comemorações ruidosas. Na Semana Santa o silêncio imperava e na Sexta-feira Santa não era permitido bater martelo. As crianças não eram castigadas neste dia, mas no Sábado, ao canto do Aleluia, a vara da infância e da adolescência funcionava. Vinha, então, o Domingo, com a celebração da Ressurreição. Era uma festa para recuperar o que o jejum e a abstinência produziram.

Sinceramente tenho saudade daquela grande liturgia, tempo de reflexão e cura interior, tempo hoje banalisado e obscurecido pela falta de fé.

Artigos relacionados