17.4 C
Cachoeira do Sul
8 de abril de 2020
Portal da Diocese de Cachoeira do Sul Rs

Somos influenciáveis

Mons. Elcy

A comunicação humana se atualiza além da palavra, da escrita, da imagem postural. Ela acontece pela simples presença ou proximidade. Esta afirmação se fundamenta na experiência. Uma pessoa alegre e positiva irradia positividade e alegria contagiantes. Se esta premissa é verdadeira, a pessoa negativa e pessimista, também contagia quem dela se aproxima. Existe, portanto uma comunicação além dos sentidos humanos que adoecem ou curam; que avivam a vida ou a minimizam. (A cultura popular chama isso de “mau olhado” e de “olho grosso”!) Dá até para afirmar que o espírito de um e de outro fazem uma simbiose vital gerando curas ou produzindo doenças; promovendo a vida ou formalizando a morte!

Posso firmar, também, que o espiritual influi no corporal e vice-versa! Como exemplo, temos testemunhas de diversas pessoas que cultivaram o rancor e o ódio, entraram no estado de depressão, sentindo fortes dores na coluna vertebral; a cura só aconteceu depois de um perdão voluntário e consistente.

Quando Jesus, na dor da crucificação, estava perdoando seus algozes, certamente aliviava parte do sofrimento; isto não aconteceu com os dois ladrões que foram, com Ele, crucificados; eles vociferavam em mil maldições aumentando ainda mais a dor da morte.

A nossa percepção extra-sensorial é uma realidade e vivenciá-la é uma forma de tornar a vida mais prazerosa e construtiva. Como numa tentação o melhor, para não pecar, é fugir da ocasião de pecado, na nossa relação é melhor se afastar de quem é pernicioso e se aproximar de quem é capaz nos positivar.

Você, certamente, tem suas próprias experiências que confirmam o que lhe disse. É bom se antenar e se focar em quem irradia o bem!

Artigos relacionados