24 C
Cachoeira do Sul
23 de janeiro de 2020
Portal da Diocese de Cachoeira do Sul Rs

Portas abertas

Mons. Elcy

Abra as portas dos teus braços para aninhar teu irmão. A energia, tanto na alegria quanto na dor, que um abraço oportuniza, só sabe quem recebeu ou ofertou: é o amplexo que aproxima dois coração, para baterem juntos num mesmo ritmo, que cadencia o duplo afeto.

Abra as portas da tua inteligência para compreender tua missão, missão que de todas é a mais nobre: estar no colo de Deus Pai, ajudando também outros lá estarem. Conviver na intimidade da família divina é o sonho que mais desejo para ti e para mim.

Abra as portas do teu coração para amar do jeito que Jesus amou. Com teu coração aberto, Maria possa nele depositar o menino Jesus, que dela nasceu na noite santa do Natal, na cidade de Belém.

Abra as portas da tua fé para iluminar a chegada de quem peregrina. Pois a Fé é entendimento além da tua compreensão dedutiva, é a aceitação do testemunho de Deus, é a segurança para caminhar no escuro, que se dissipa, quando as luzes da fé brilharem mais intensas.

Abra as portas do teu perdão para aliviar o fardo de quem te ofendeu e peça teu perdão para que teus fardos se desfaçam. Que tua misericórdia se aproxime da exercida pelo Pai misericordioso e que saibas perdoar como Jesus perdoava, quando lhe transpassavam as mãos com pregos, às marteladas.

Porque abrindo as portas, do teu ser, para que saia tantos valores, outros valores entrarão para solidificar os alicerces da tua felicidade.

Artigos relacionados