24 C
Cachoeira do Sul
23 de janeiro de 2020
Portal da Diocese de Cachoeira do Sul Rs

Lançamento

Lançamento do 4º Livro do Mons. Elcy contendo Reflexões que foram concretizadas na Rádio Fandango às 07h (da manhã) de Segunda à Sexta-feira!

 

APRESENTAÇÃO

Jesus falava em parábolas. Parece que, ao falar desse modo, Ele comunica o mais adequado à capacidade de compreensão dos que o escutam e com o meio mais adaptado para transmitir eficazmente a sua mensagem. Deixa ao ouvinte a tarefa de compreendê-la, o interpela e o obriga a interrogar-se, o envolve e o empenha na busca do sentido.

Nessas histórias contadas nesse livro, Monsenhor Elcy nos deixa o legado de que é possível darmos um sentido ao nosso ser e ao nosso agir na Igreja e no mundo. Abre-nos a possibilidade de rever nossa vida a partir de relatos e meditações que nos propõe. Para fazer essas reflexões foi preciso se colocar no silêncio e na escuta e, porque não dizer, no lugar daquele que irá ler essas páginas. Exatamente por isso que pode ser usado esse seu escrito de uma forma pessoal ou em grupo, para meditação ou para a partilha, pois nos leva a enxergar muito além daquilo que se lê; torna-nos capazes de sentir fatos do cotidiano da vida de uma forma diferente e singular.

Bom Dia Esperança 4, assim como edições anteriores, traz temáticas livres e de profunda significação ao leitor. Faz reverberar em nós atitudes de sairmos de nós mesmos e colocarmo-nos diante de situações da vida com um novo olhar. Com certeza todas essas histórias, relatos, comparativos que o escritor faz é fruto de muita observação. Um dia escutei de um amigo: “para ser um bom escritor, necessariamente, tenho que ser um excelente observador”. É exatamente essa impressão que o leitor terá ao folear as páginas desse livro.

Desejo a todos vocês que tomarão esse escrito em mãos que possam também utilizá-los em sua reflexão pessoal, em programas de rádio, em partilhas de grupo, enfim, em momentos que levem as pessoas – se não que a si mesmo – a lançarem-se para fora de si. Papa Francisco nos pede que sejamos uma Igreja em saída. Quem terá que sair? Sem dúvida, seremos nós. Então, aí está mais um oportuno escrito que Monsenhor Elcy nos oferece para sairmos de nós mesmos e nos lançarmos em direção ao outro e nesse outro, encontrarmos com a nossa essência humana e com o divino que habita em nós.

Pe. Edson Pereira

Artigos relacionados