Portal da Diocese de Cachoeira do Sul Rs https://www.diocesenet.com.br/home Portal da Diocese de cachoeira do Sul Rs Wed, 08 Apr 2020 18:09:50 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.0.7 https://www.diocesenet.com.br/home/wp-content/uploads/2019/07/cropped-XXXXXX-32x32.jpg Portal da Diocese de Cachoeira do Sul Rs https://www.diocesenet.com.br/home 32 32 Comunidade solidária https://www.diocesenet.com.br/home/comunidade-solidaria-2/ Wed, 08 Apr 2020 18:09:50 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26601 ]]> COMUNIDADE SOLIDÁRIA https://www.diocesenet.com.br/home/comunidade-solidaria/ Wed, 08 Apr 2020 14:21:04 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26598 ]]> DOM EDSON, MENSAGEM DA SEMANA SANTA https://www.diocesenet.com.br/home/dom-edson-mensagem-da-semana-santa/ Fri, 03 Apr 2020 11:59:08 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26595 ]]> UMA SEMANA SANTA https://www.diocesenet.com.br/home/26591-2/ Thu, 02 Apr 2020 11:24:45 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26591

UMA SEMANA SANTA

 

O TÚMULO DO PADRE REUS – A Semana Santa está chegando e me vem na mente a experiência que vivenciei ao longo de muitos anos, seja na minha infância, seja como padre. Por último, eu ficava de manhã cedo na sacada da casa paroquial no centro de São Leopoldo e assistia os peregrinos de todos os lugares caminharem em direção ao túmulo do Pe. Reus. Durante toda a madrugada e ao decorrer da sexta-feira santa, havia um clima de melancolia, ao passo que centenas de grupos de pessoas passavam, vindas de muitas cidades da região. Com chás colhidos na noite anterior e flores para depositar no túmulo. Iam pagar alguma promessa, pedir bênçãos, confessar-se e rezar. Uma tradição de muitos anos que certamente não se repetirá, porque todos, ou a grande maioria, devem permanecer em suas casas. Isso não nos impede de estarmos em comunhão espiritual, unidos na mesma fé e esperança.

A SEMANA SANTA – Com tudo o que temos vivido nestes últimos dias, vem à mente as perguntas: Como viver bem a Semana Santa? Como mergulhar neste grande mistério de Deus?

A Carta de São Paulo aos Filipenses diz: “Ele humilhou-se, fazendo-se obediente até a morte – e morte de cruz! Por isso, Deus o exaltou acima de tudo e lhe deu o Nome que está acima de todo nome” (Fl 2,8). Jesus foi obediente, carregou sua cruz até o calvário. Ele abraçou a cruz do sofrimento e da dor, carregando-a sobre seus ombros. Carregou os pecados da humanidade.

Está aí o grande desafio desta Semana Santa. Precisamos carregar a nossa cruz, o sofrimento que nos impõe neste tempo de isolamento. “Quem quiser ser meu discípulo, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia e me siga” (Lc 9,23. É preciso obedecer a Deus que nos fala através dos acontecimentos do dia-a-dia. Precisamos nos despojar das nossas vontades pessoais, de nossos desejos humanos, de nossos vícios, de nossos pecados. Esta Semana Santa deve ser ocasião também de um recolhimento profundo, que nos permita ressuscitar com Cristo. A esperança de uma vida nova, passa pela cruz e o sofrimento, que nos trarão a alegria da ressurreição. Sem cruz não há ressurreição.

IMPORTANTE – Se não podemos participar nas nossas comunidades, temos hoje a condição de nos unirmos espiritualmente, através dos meios de comunicação, como as rádios, TVs e internet. Vamos oferecer subsídios para que você e sua família celebrem nas próprias casas.

Começa pelo Domingo de Ramos, em que vamos pedir que os padres providenciem ramos suficientes para que oportunamente você possa levar para sua casa.

Todas as paróquias da Diocese celebrarão no mesmo horário o Tríduo Pascal, para todos estejam em comunhão: Inicia na quinta-feira Santa às 19hs; sexta-feira Santa às 15hs e no Sábado Santo às 19hs. Domingo de Páscoa as Paróquias terão seus horários próprios.

FIQUEM COM DEUS E EM CASA

Dom Edson de Mello – Bispo Diocesano

]]>
MENSAGEM DE DOM EDSON AO VIVO https://www.diocesenet.com.br/home/mensagem-de-dom-edson-ao-vivo/ Sat, 28 Mar 2020 10:37:07 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26572 ]]> Dízimo https://www.diocesenet.com.br/home/dizimo/ Fri, 27 Mar 2020 20:13:12 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26569

DÍZIMO A Fábula das Maçãs – YouTube

]]>
A ARTE DE OUVIR https://www.diocesenet.com.br/home/dizimo-reflexao/ Fri, 27 Mar 2020 19:00:57 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26563

 

A ARTE DE OUVIR

 

 

         Procura-se alguém que detenha a arte de ouvir. Alguém capaz de ouvir sem julgar, sem criticar, sem emitir conselhos superficiais; alguém que, simplesmente, ouça quieto. É bom se prevenir: sendo mais fácil  a arte de falar, que a arte de ouvir, são poucos os auditores capazes. O perfil de quem ouve requer a virtude da paciência, da compreensão, da aceitação da fragilidade alheia, do entendimento dos sentimentos mais profundos, enfim, a aceitação do outro como ele é sem querer torna-lo parecido consigo, moldado nos seus próprios padrões.

         Sabemos, por experiência, que é difícil falar de nós mesmos. Temos bloqueios íntimos. Temos áreas reservadas e ocultas, dentro de nossa memória, nas quais dificilmente tocamos. Mas, temos certeza que maior dificuldade, para nos abrir, está na ausência de pessoas que desenvolveram a arte de ouvir.

         A solidão que azeda e fragiliza o homem hodierno requer, como antídoto, ouvidos capazes de aceitar sua própria história; ainda mais porque todos têm dificuldade de falar sobre suas crises existenciais.

         Duas formas de solidão podem se implantar, criar raízes e atormentar a vida: a solidão social e a solidão intrapsíquica. A solidão social acontece quando se está só, no meio da multidão: fisicamente próximo, espiritualmente distante. A solidão intrapsíquica se atualiza quando se está distante de si mesmo: não dialoga, não discute, não analisa seus próprios problemas , dificuldades e reações.

         Jesus ensina como superar estas duas barreiras. Ele tinha momentos de recolhimento, de oração e meditação para se interiorizar. Procurava o deserto externo para encontrar o oásis interno. Mas também oportunizava momentos para ouvir seus discípulos: após enviar os 72 discípulos, ao voltarem, os reuniu, num local reservado, para ouvi-los nas suas histórias, nos seus acertos e dificuldades.

         A chamada “Direção Espiritual” é mais acompanhamento carinhoso que aconselhamento generoso. É 90% ouvido atento, 9% olhar carinhoso e 1% aconselhamento prudente. Só o amor é capaz desta dosagem que extirpa a solidão do homem moderno!

]]>
14 horas URBI et ORBE https://www.diocesenet.com.br/home/x/ Fri, 27 Mar 2020 12:36:22 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26557

]]>
TUDO TEM SEU TEMPO https://www.diocesenet.com.br/home/tudo-tem-seu-tempo/ Tue, 24 Mar 2020 14:53:22 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26554

TUDO TEM SEU TEMPO

Querido irmão, querida irmã

Quero mais uma vez me dirigir a você e sua família. Primeiro dizer que estou rezando cotidianamente para que passe logo este momento de grande sofrimento e provação. Jamais pensei que teria de pedir para que os fiéis não viessem à igreja. Mas compreendo que esse é um momento de exceção. Tanto falamos de uma igreja em saída, uma igreja nas casas, indo ao encontro.

Agora peço que você seja igreja aí na sua casa. Estamos com esta proibição de abrirmos os templos, evitando as aglomerações e mais ainda, de mantermos o isolamento social, indispensável para evitar a proliferação deste vírus (COVID 19). Saiba que todos os sacerdotes estão celebrando todos os dias por você e sua família, pelos profissionais da saúde, pelos idosos e os doentes. Vamos colaborar com os profissionais da saúde, fazendo cada um a sua parte. Sair de casa só por extrema necessidade, cuidar bem da higiene, especialmente as mãos e um olhar amoroso para os idosos.

São tempos difíceis, com hospitais cheios e ruas vazias. Muitos profissionais trabalhando à exaustão, enquanto outros recolhidos em suas casas. Um tempo em que os templos estão fechados, mas não esqueça que você é templo de Deus. Você pode estar com seu templo aberto à graça de Deus.

“Tudo tem seu tempo. Há um momento oportuno para cada coisa debaixo do céu:…”(Ecl 3,1)

Aproveite, se você tem esse tempo, para uma boa reflexão sobre o sentido da vida. É hora de um bom recolhimento interior, que normalmente não teríamos no dia-a-dia de nossas vidas, em função de tantas ocupações. Conversa com Deus na tua oração pessoal, reúne os teus para rezarem unidos, conversa com os teus filhos, com tua esposa, com teu marido, com teus pais e teus avós. Este é um tempo que precisa ser bem aproveitado.

FIQUEM COM DEUS E EM CASA

Dom Edson B. de Mello

Bispo Diocesano

]]>
Orientações para Semana Santa e outras normas https://www.diocesenet.com.br/home/orientacoes-para-semana-santa/ Tue, 24 Mar 2020 14:44:56 +0000 https://www.diocesenet.com.br/home/?p=26550

DOM EDSON BATISTA DE MELLO

POR MERCÊ DE DEUS E DA SANTA SÊ APOSTÓLICA

BISPO DE CACHOEIRA DO SUL

 

 

ORIENTAÇÕES PASTORAIS PARA A SEMANA SANTA E

ORIENTAÇÕES ADMINISTRATIVAS E ECONÔMICAS PARA AS PARÓQUIAS DE NOSSA DIOCESE

 

Rev. Irmãos Presbíteros,

CONSIDERANDO as orientações das autoridades de saúde, municipal, estadual e federal que projetam que o pico do virús COVID-19, no Estado do Rio Grande do Sul, será entre os meses de abril e maio de 2020;

CONSIDERANDO a gravidade das notícias vindas de países como a Itália e Espanha onde a disseminação do vírus COVID-19 atingiu níveis preocupantes;

CONSIDERANDO a suspensão das atividades das Paróquias e Capelas de nossa Diocese e o fechamento das secretarias paroquiais, bem como a possibilidade de prorrogação destas medidas em razão da disseminação do COVID-19;

CONSIDERANDO o DECRETO de 19 de março de 2020 da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, com orientações para a programação da SEMANA SANTA;

 Resolvemos passar as seguintes ORIENTAÇÕES PASTORAIS sobre a programação da Semana Santa para o Povo de Deus e ORIENTAÇÕES ADMINISTRATIVAS e ECONÔMICAS para as Paróquias de nossa Diocese.

  1. DA SEMANA SANTA

 

1 – Domingo de Ramos: seja celebrado sem a presença de fiéis, em horário conveniente para o celebrante;

2 – Missa crismal: fica adiada, sem data agendada, para quando a epidemia estiver controlada;

3 – Tríduo Pascal: o Bispos e os padres celebrem os mistérios litúrgicos do Tríduo Pascal sem a presença de fiéis.  Assim também celebrará o Santo Padre o Papa Francisco. As celebrações serão realizadas em toda a Diocese no mesmo horário para que os fiéis possam se unir em oração nas respectivas residências. Igualmente será útil a transmissão das celebrações, onde for possível e conveniente, por meio das redes sociais;

4 – Quinta-Feira Santa – 19h.:  a título excepcional a todos os sacerdotes é concedida a faculdade de celebrar neste dia, em lugar adequado, a Missa sem o povo. O lava-pés, já facultativo, omite-se. Ao final da Missa na Ceia do Senhor omite-se a procissão e o Santíssimo Sacramento guarda-se no Sacrário;

5 – Sexta-Feira Santa – 15h.: seja celebrada a Paixão do Senhor sem o povo. Na oração universal, procure-se fazer uma intenção especial pelos doentes, pelos defuntos e pelos que sofreram alguma perda;

6 – Vigília Pascal – 19h.: os presbíteros celebrem sem o povo. Para o início da Vigília omite-se a bênção do fogo, prepara-se e acende-se o círio e, omitindo a procissão, segue-se o Precônio pascal (Exsultet). Segue-se a Liturgia da Palavra. Para a Liturgia batismal, apenas se renovam as promessas batismais.  Segue-se a Liturgia eucarística.

7 – Missa de Páscoa: seja celebrado sem a presença de fiéis, em horário conveniente para o celebrante.

  1. DAS ORIENTAÇÕES ADMINISTRATIVAS E ECONÔMICAS PARA AS PARÓQUIAS DE NOSSA DIOCESE

Sabemos que, diante da suspensão das atividades das Paróquias e Capelas de nossa Diocese e do fechamento das secretarias paroquiais, haverá a diminuição significativa do pagamento Dízimo por parte do Povo de Deus.

Da mesma forma, haverá a impossibilidade, a curto prazo, de se realizar promoções e eventos para a manutenção dos templos.

Contudo, a dificuldade financeira não é apenas uma realidade que atinge somente a Igreja. Todos os setores da sociedade são atingidos, principalmente, os autônomos e prestadores de serviços que dependem de seus esforços para a sua manutenção e a de sua família.

Soma-se, ainda, a grave estiagem que  castiga lavouras e rebanhos e que, por consequência, causa grandes prejuízos ao Povo de Deus que depende da terra para a sua sobrevivência.

Diante destas realidades, a Mitra Diocesana, sensível as dificuldades  enfrentadas pelas Paróquias, determina as seguintes medidas administrativas e econômicas a serem adotadas:

 

ADIAMENTO DO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES

As Paróquias poderão ADIAR, pelo prazo de 02 (dois) meses, o pagamento das seguintes contribuições:

  1. CONTRIBUIÇÃO PARA A MITRA DIOCESANA

  2. FUNDO DE EVANGELIZAÇÃO

  3. CONTRIBUIÇÕES PARA OS SEMINÁRIOS

  4. MATERIAL PARA A QUARESMA E MATERIAL PARA A FAMÍLIA

As Paróquias deverão RESSARCIR a Mitra Diocesana do pagamento dessas contribuições ao final do prazo estipulado (02 meses) uma vez que estes valores são importantes para a manutenção da pessoa jurídica eclesiástica.

As Paróquias poderão NEGOCIAR a forma de ressarcimento dos valores das contribuições adiadas, ou seja, efetuar o pagamento a vista ou pedir o seu parcelamento.

 

CONTRIBUIÇOES OBRIGATÓRIAS

Infelizmente, existem responsabilidades das Paróquias que a Mitra Diocesana não dispõe de recursos suficientes para bancar a sua quitação.

Dessa forma, as seguintes Contribuições são de caráter obrigatório e continuarão a ser cobradas das Paróquias. São elas:

  1. FGTS

  2. INSS

  3. IMPOSTO DE RENDA

  4. PIS

  5. UNIMED

  6. MEDICINA OCUPACIONAL

  7. MAISTRE

  8. SERVIÇOS TERCEIROS

  9. JURÍDICA

Esperamos, com esta medida, reduzir em até 50% da folha de pagamento das Paróquias contribuindo, assim, para que as comunidades católicas possam superar este momento difícil pelo qual todos estamos passando.

As medidas apresentadas poderão serão prorrogadas, caso haja necessidade.

Confio à proteção maternal de Maria, Mãe do Redentor, nossa padroeira, rogando a Deus a sua misericórdia sobre todo o Povo de Deus e a sua Igreja.

Cúria Diocesana, ao dia 24  do mês março de 2020.

 

Seguem assinaturas do

Bispo Diocesano

Vigário Diocesano

Chanceler Diocesano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

]]>