A MESA E A FAMÍLIA

A MESA E A FAMÍLIA

Mons. Elcy

Mesas as temos com diversas formas e utilizações. Local de refeição, de reunião, de trabalho, de celebração, de exposição e inumeráveis outras serventias! Mesa é o que é, sem necessitar de definições, mas de utilizações diversificadas. Ao redor dela a família se congrega, os empresários planejam, os comensais se alimentam, os sacerdotes celebram, os estudantes atualizam conhecimentos e os cientistas formalizam teses e concluem descobertas. Então são presença necessária na família, na escola, no laboratório, na empresa, na igreja e em muitos outros lugares.

Lembro a mesa do lar da minha infância e a comparo às mesas dos lares de agora. Naquela, era um local sagrado que aglutinava a família para oração, para refeição e, de um modo educativo, até ético, se dialogava com a vida, se partilhava o trabalho, se reciclava os ensinamentos da fé. As mesas de agora estão fazias, porque as refeições se esparramaram na frente das televisões, os estudos se localizaram nos quartos, a educação foi afogada nos teclados digitais e os conselhos éticos foram esquecidos.

De manhã, ao meio dia e à noitinha o clã familiar se reunia ao redor da grande mesa, na cozinha. Doze irmãos formávamos, com nossos pais, uma coroa humana. Partilhávamos as orientações deles para as diversas atribuições. Não havia imposições porque as atribuições eram dialogadas e adaptadas à idade e competência de cada um. Ali, ao redor da mesa, a família construía a unidade e qualificava as relações entre os membros que a compunha!

A importância da imagem de mesa, perpassa a Bíblia, se mostra nas igrejas e faz parte da cultura de todos os povos que primaziam a família como instituição humana necessária. Seu desuso, cada vez mais frequente, mostra o desgaste de uma sociedade familiar em decadência.