N. Sra. dos Navegantes

 

PARÓQUIA N. Sra. dos NAVEGANTES

Fundada em  02.02.1941

Fone: 0xx (0xx51) 3744 1430 – Caixa Postal 12 – Rua Pe. Osvaldo Stracke

Email: [email protected]

SOBRAIGREJA

Sobradinho06

SOBRAD~5

96900-970- SOBRADINHO – RS

 ORIGENS
Em 1901 foi criada a Colônia. A Vila chamada Jacuí começou a existir em 1915. Atendida inicialmente pela Paróquia de Arroio do Tigre; depois em 1926, pela Paróquia de Ibarama; este etendimento continuou mesmo depois da emancipação em 3 de dezembro de 1927. Tornou-se Paróquia em 02,02.1941.
HISTÓRICO DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES SOBRADINHOAntes de 1901, visitava a região de Sobradinho, com longos intervalos, o Pe. Caetano Ferrari, Vigário da freguesia de Soledade.
Em 1901, a comissão de Terras, fundava a colônia de Sobradinho. Em 1902, Pe. Guilherme Muller, Vigário da freguesia de Candelária rezou a primeira Missa em Arroio Bonito. Continuou espaçadamente a visitar a região, nas casas das famílias: Urbano e Humberto Dei Svaldi.
As famílias: Zago, Dei Svaldi, Roso, Maraschim Antônio, Wietzke e outras, reuniram-se e organizaram uma coleta para adquirirem fundos para comprar a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes, escolhida pelos mesmos moradores por devoção e para implorar proteção contras às enchentes, naquele local os rios se juntavam e alagavam correndo sérios riscos.
A imagem foi encomendada diretamente de Porto Alegre, supões-se que tenha sido transportada por via fluvial, até Cachoeira do Sul, para Sobradinho veio de carroça de burros, por ser o transporte da época.
A imagem ficou na residência da viúva Dei Svaldi, pois não havia capela na localidade. Ali eram realizadas as celebrações religiosas, pelo Pe. Augustinho, Redentorista de Cachoeira do Sul.
A referida imagem acabou dando nome e origem à nossa Paróquia.
Com instalação da Paróquia de São Paulo, em vila São Paulo, hoje Ibarama, em 20/11/1925, a capela Nossa Senhora dos Navegantes, passou a pertencer a Paróquia de São Paulo, até ser criada como Paróquia.
Em 1925, um grupo de pessoas, lideradas pelo carpinteiro José Garibaldino Maraschim, decidiu construir uma Capela de madeira no terreno doado, pelo Estado junto a Praça 3 de Dezembro.
A Capela foi inaugurada em 02 de fevereiro de 1926. A imagem de Nossa Senhora dos Navegantes foi trazida da baixada até a capela, em procissão. Na primeira Missa celebrada pelo Pe. Guilherme Muller foi benta a Capela, a imagem e o sino de aço importado da Alemanha por intermédio da firam Bromberg S.A.CONSTRUÇÃO DA IGREJA MATRIZSegundo informações de testemunhas que presenciaram o ato, o lançamento da pedra fundamental deu-se em 02 de fevereiro de 1936, na presença de Dom Antônio Reis, Bispo da Diocese de Santa Maria, outras autoridades eclesiásticas, civis e um pequeno número de pessoas.
Os Vigários da Paróquia de São Paulo atenderam a Capela Nossa Senhora dos Navegantes.
Em 1939, assumiu o Vigário Cooperador Pe. Osvaldo Strack, também da Paróquia de São Paulo, ficando a maior parte do tempo em Sobradinho, para realizar a obra que passou a dirigi-la.
Fins de Julho, início de agosto de 1938, concluídos os alicerces da nova Igreja, foi iniciada a Casa Canônica erguida paralelamente à Igreja.
A obra foi executada pelo Sr. João Maieron, construtor licenciado, natural da Itália, aqui residente.DECRETO DE CRIAÇÃO DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTESAos dois dias do mês de fevereiro de 1941, D. Antônio Reis, Bispo de Santa Maria, atendendo às necessidades espirituais da população residente no lugar denominado Sobradinho, sede do Município, criado por decreto, a Paróquia inamovível de Nossa Senhora dos Navegantes de Sobradinho, desmembrou-se das Paróquias da Sagrada Família de Arroio do Tigre e de São Paulo da Vila São Paulo.ATA DE POSSE DO PRIMEIRO VIGÁRIOAos dois dias de mês de fevereiro de 1941, após a leitura do Decreto de criação da Paróquia e bênção da nova Matriz, perante grande número de fiéis e a presença das testemunhas abaixo assinada: Sacerdotes, Seminaristas, foi pelo Delegado de S. Excia. Revemo. Dom Antônio Reis, DD. Bispo de Santa Maria, Mons. Paschoal Gomes Librelotto, empossado solenemente, o primeiro Vigário Revmo. Pe. Osvaldo Strack Dr., conforme prescreve a Pastoral Coletiva.
Seguindo-se Missa Solene, sendo presidida pelo novo Vigário, que após saudou seus novos paroquianos.
Sobradinho, 02 de fevereiro de 1941.
Assinaturas da Ata.
Pe. Osvaldo Strack PSM, Pe. Paschoal Gomes Librelotto Delegado de SS. Excia. DD. Antônio Reis. Pe. Benjamim Isidoro Moro PSM, Vigário da Paróquia de São Paulo, Pe. Benno Wiessel Vigário da Paróquia de Arroio do Tigre, Pe. Achilles L. Bertoldo, Pe. Brício.

DADOS BIOGRÁFICOS DO PRIMEIRO VIGÁRIO
Pe. Osvaldo Strack , nascido aos 14 de julho de 1905 em Cerro Largo, Doutorado em Teologia pela Universidade de Roma. Faleceu em 07/02/1965 em Cerro Largo.

CAPELAS PERTENCENTES Á NOVA PARÓQUIA EM 1941
Nossa Senhora do Rosário Arroio Bonito 1905
São Miguel Pitingal 1914
Nossa Senhora da Consolação Campestre 1919/1920
Santa Terezinha Lagoa Bonita do Sul 1930

SACERDOTES QUE ATUARAM NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES

  • 01. Pe. Osvaldo Strack 1941 – 1955 – Pároco
    02. Pe. Pedro Luiz Trevisan1952 – 1955 – 1º Coadjutor
    03. Pe. Francisco Cassol- 1955 – 2º Pároco
    04. Pe. Vendelino Bender1955 – 1958 – 3º Pároco
    05. Pe. Euclides Guariente -1956 – 1958 -Coadjutor
    06. Pe. Benjamin Copetti 1958 – 1975 – 4º Pároco
    07. Pe. Romar Pagliarini – 1958 – 1959 – Coadjutor
    08. Pe. José Marchesan – 1959 – 1960 – Coadjutor
    09. Pe. José Jungblut – 1961 – 1966 – Coadjutor
    10. Pe. Teodoro Weber – 1966 – Coadjutor
    11. Pe. Osvaldo Gervásio Lazzari – 1967 – 1968 -Coadjutor
    12. Pe. Otto Dupont – 1969 – 1973 – Coadjutor
    13. Pe. Serafin Serafini – 1972 – 1973 – Coadjutor
    14. Pe. Roberto Dalmaso – 1973 – 1974 Coadjutor
    15. Pe. João Atílio Rosa – 1974 – Coadjutor
    16. Pe. Abraão Cargnin – 1974 – 1975 – Coadjutor
    17. Pe. Frei Evaldo Teipel – 1976 – Coadjutor
    18. Pe. Maurício Gotardi – 1976 – 1986 – 5º Pároco
    19. Pe. Osvaldo Gervásio Lazzari – 1986 – 1987 Admin. Par.
    20. Pe. Sílvio Germano Rockembach – 1987-1991 6º Pároco
    21. Pe. Nildo Gaspar Rech – 1991 – 1994 – 7º Pároco
    22. Pe. Antônio Hermes – 1991 – 1994 – Coadjutor
    23. Pe. Hilário Cervo -1995 – 8º Pároco
    24. Pe. Frei Valmor Pastre – 1996 – 2000 – 9º Pároco
    25. Pe. João Luiz Flesch -2000 – hoje – 10º Pároco
    26. Pe. Sílvio Germano Rockembach -2000 – Vigário paroquial
  • 27. Pe. Gelso Bernardy – Pároco
  • 28. Pe. Jorge Antônio Hudson – Vigário Paroquial
  • 29. Pe. Matheus Venturini – Vigário Paroquial

COMUNIDADES QUE SÃO ATENDIDAS MENSALMENTE
No Municípios de Sobradinho: 19 comunidades; Passa Sete: 11Comunidades ; Lagoa Bonita do Sul: 12 Comunidades:
Total: 42 Comunidades

.Estimativa do número de famílias na Paróquia: 
No município de Sobradinho 3.400 famílias; em Passa Sete 1.450 famílias; em Lagoa Bonita do Sul 950. Total aproximado = 5.800 famílias
(Texto-pesquiza do Prof. Jary Schirmer)

   [email protected]